Por que eu deixei a Irlanda?

Após ter vivido por 3 anos na Irlanda, eu cheguei a conclusão de que precisava de uma mudança. Foi assim que eu decidir de me aventurar em busca de um sonho antigo, aprender francês e, para isso, não há melhor forma do que viver na França.

É claro que há outras razões pelas as quais eu decidir deixar o país, pelo qual eu tenho muito a agradecer. A mais importante foi o alto preço dos cursos de mestrados a não europeus. Recém-chegados à Irlanda, logo irão descobrir que para ingressar num programa de mestrado, será necessário no mínimo 12.000 euros, já que nós brasileiros não possuímos os mesmos benefícios de estudantes europeus.

Como estava exauta de tanto trabalhar na terra irlandesa para poupar essa quantia, eu decidi procurar por outras opções. De fato, há muitos outros países na europa que oferecem programa de mestrados mais baratos e até gratuitos, independemente da nossas nacionalidade. Dentre os mais conhecidos, estão a Alemanha, Holanda, Finlândia e, claro, França.

É claro que há outras razões pelas as quais eu decidir deixar o país, pelo qual eu tenho muito a agradecer. A mais importante foi o alto preço dos cursos de mestrados a não europeus. Recém-chegados à Irlanda, logo irão descobrir que para ingressar num programa de mestrado, será necessário no mínimo 12.000 euros, já que nós brasileiros não possuímos os mesmos benefícios de estudantes europeus

Apesar de pesquisar online, porém o que me inspirou a escolher a França como novo destino, foi uma conversa com um colega do meu antigo curso de inglês. A verdade é que quando uma semente é platanda dentro da gente, é quase impossível impedi-la de germinar. Foi nesta conversa que eu descobri sobre a existência da Université de Rennes 1 e dos seus cursos de mestrados em inglês, a um valor razoável de 6.500 euros, quase metade dos valores praticados na Irlanda. De uma maneira ou de outra, foram esta soma de fatores que me levou a mudar a minha vida novamente, a começar do zero.

E foi o que eu fiz. Após enfrentar todos os obstáculos e burocracias envolvidos no processo de aplicação universitária e de visto que eu coloquei os meus pezinhos em terreno francês, ansiosa por fazer parte do programa de MBA em administração internacional (MBA en gestion internationale à l’Université de Rennes 1).

O que eu achei mais interessante dentro do programa de mestrado em inglês foi a possibilidade de realizar 300 horas de curso de francês; é claro que aprender a língua do país é essencial para facilitar a nossa interação com o povo francês, além de ajudar na busca por emprego (Caso deseje saber mais sobre o meu programa de mestrado, visite o website da universidade clique aqui ).

Até o momento, eu me senti muito bem acolhida, mas este é um assunto para um novo poste que você poderá conferir aqui.

20190907_112307

Meu mais novo amigo Elvis e eu, orgulhosos de levantar a bandeira da IGR.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s